Como fazer jardim vertical? 5 motivos para tê-lo em seu apartamento de alto padrão

O contato constante com a natureza garante, incontestavelmente, a plenitude do bem-estar e da felicidade. É maravilhoso cercar-se destas belezas, e escolher viver em locais que privilegiem e preservem o meio ambiente. Mas, que tal levar um pouquinho desta qualidade de vida para mais próximo de sua família? Neste artigo, você vai conferir como fazer jardim vertical, e por que essa pode ser uma ótima escolha para o seu apartamento de alto padrão.

Dia após dia, a ciência traz evidências de que a interação humana com plantas e flores faz bem para corpo, mente e alma. Profissionais da saúde recomendam, veementemente que, sempre que possível, desfrutemos da energia incrível emanada por elas, inclusive dentro de nossos lares.

A facilidade nos cuidados, a beleza e as inúmeras possibilidade s de paisagismo tornam a técnica, que vamos apresentar a você ao longo do conteúdo, muito bem-vinda. Não importa se os espaços são compactos ou muito amplos e com boas áreas externas, como as coberturas. O encaixe é perfeito para qualquer perfil de empreendimento.

Neste sentido, para começar, vamos a uma breve explicação sobre o conceito:

Um jardim vertical é uma “parede verde”, com alguns toques de outras cores, adaptável a qualquer ambiente. Pode ser natural, preservado ou artificial, a depender do seu gosto e estilo de vida.

Um jardim vertical pode ser interno ou externo

Não necessariamente o seu apartamento precisa de uma sacada para receber um jardim vertical. Alguns deles são construídos como se fossem obras de arte em meio aos cômodos, para aguçar os sentidos.

Para ambientes internos

É recomendável que sejam escolhidas plantas preservadas – elas são naturais, mas passam por um processo de conservação que mantém suas folhagens, texturas e integridades -, ou permanentes – conhecidas como artificiais, mas que podem reproduzir com perfeição e naturalidade um jardim vivo.

Para ambientes externos

Caso você escolha plantas, ervas e flores naturais, é com o auxílio da tecnologia que será possível mantê-las cheias de vida, aromáticas e cumprindo lindamente todos os seus ciclos. No mercado, há empresas especializadas em preparar os ambientes, instalar e moldar as paredes verdes de acordo com o seu gosto.

Todavia, claro, você pode dedicar-se ao DIY (Do It Yourself) e com muito prazer construí-lo com suas próprias mãos. É uma agradável e rica experiência. 

Por que optar por um jardim vertical em seu apartamento de alto padrão? 5 benefícios incontestáveis

Poderíamos lhe dizer que o motivo principal seria não haver alternativas para quem quer um jardim, mas vive em um apartamento. Nesse caso, cultivá-lo no solo só seria possível com a ajuda de vasos, o que acaba limitando e até mesmo inviabilizando o processo. E a razão é óbvia: falta de espaço.

No entanto, é claro que há outros motivos que vão além e que você pode até conhecer, mas ainda nem chegou a analisar. Veja!

Sustentabilidade dentro do seu lar

É inegável que o colorido das flores, somado ao verde de todas as demais plantas, são um prato cheio para a harmonia, a tranquilidade e a alegria.

Um jardim vertical criará uma conexão invisível com os seus sentidos, levando mais serenidade para o seu cotidiano, inclusive atuando para amenizar aqueles dias mais estressantes.

A beleza que brindará seus olhos diariamente

Ter um jardim em casa é preocupar-se com a qualidade de vida de todos os que convivem no ambiente, já que ele é capaz de limpar e purificar o ar. Além disso, ajuda a combater o calor, sendo grande protagonista nas sensações de frescor.

Os jardins verticais diminuem a poluição sonora

Pois é, eles são poderosos até para ajudar a abafar ruídos externos, especialmente se aplicados em áreas externas como sacadas e terraços.

Pequenos nichos ecológicos podem se formar

Depois de descobrir como fazer jardim vertical externo e aplicá-lo em seu lar, além da paz proporcionada pelas plantas e flores, você passará a ter como companhia pequenos pássaros.

Jardins verticais são ferramentas de qualidade ambiental

Você pode levar a natureza para locais onde, sem a sua intervenção, jamais haveria uma área verde, adornando paredes e muros antes nus e sem nenhuma perspectiva de vida.

Um breve guia que lhe mostrará como fazer jardim vertical

Preparado para descobrir como fazer jardim vertical? Selecionamos algumas informações fundamentais para você começar. 

Aliás, não importa se você decidiu contratar um profissional em paisagismo. Através do conhecimento adquirido nesse conteúdo, você saberá exatamente o que pedir e o quão crítico deverá ser.

Analise o espaço disponível

Primeiramente, a decoração do seu apartamento de alto padrão terá influência na harmonia das plantas e flores escolhidas. Sendo assim, é importante levá-la em consideração.

Com isso em mente, é hora de observar cada uma de suas paredes e determinar quais delas receberão as plantas. Isso significa que você terá que avaliar a incidência de iluminação e a exposição ao vento.

Escolhendo as plantas e flores

Opte por plantas e flores que sejam nativas da região ou bastante resistentes. Em áreas externas, você poderá adicionar tamanhos variados. Já para aqueles jardins que ficarão dentro do seu lar, o ideal é não exagerar.

Dê atenção para as raízes e perceba o quanto elas podem crescer. Em alguns casos, pequenas hortas cumprem bem com o papel de construir um belo jardim vertical.

Desenhando o seu jardim vertical

Os materiais utilizados contam muito para o visual e para a longevidade das plantas. Lembre-se que, independente se de plástico ou cerâmica, os vasos precisam contar com capacidade de escoamento da água.

Baseado nisso, comece a imaginar como você gostaria que ficasse a disposição de seu jardim vertical. É neste momento que a sua criatividade deve estar mais afinada, e bons decoradores e paisagistas poderão lhe dar aquela força extra.

Cuide da irrigação

Este item dialoga com o seu estilo de vida. Você pode adquirir um sistema automatizado de irrigação ou, então, querer ter a missão diária de molhar suas plantas e flores.

Entretanto, há algo primordial: cada uma delas têm uma necessidade diferente de quantidade e frequência de irrigação . Atente-se a isso e seu jardim vertical permanecerá impecável.

Manutenção é indispensável

Regar e adubar…

Essas são as regras fundamentais para manter um jardim vertical sempre vivo. 

Ah, fique atento!

Cuidado com o acúmulo de água no seu jardim. Assim você evita o aparecimento de pequenas pragas como os mosquitos, que podem transmitir doenças.

Descubra como fazer jardim vertical em um Residencial Boutique by KDS

As lindas praias de Jurerê Internacional e Novo Campeche, em Florianópolis/SC, falam por si só no quesito belezas e riquezas naturais. É nesses dois locais estonteantes que estão alicerçados magníficos Residenciais Boutique, nos quais seu jardim vertical ficará ainda mais perfeito.

Venha conhecê-los e escolha viver junto ao mar com toda a sofisticação Boutique by KDS Engenharia

Compartilhe