Projeto de alto padrão: saiba quando contratar arquiteto, designer e decorador

Existe o momento adequado para arquitetos, designers de interiores e decoradores protagonizarem o projeto de alto padrão de um apartamento ou casa. Definitivamente, não ao mesmo tempo, tampouco com as mesmas atribuições.

Não é incomum nos depararmos com as dúvidas de nossos leitores sobre o tema, já que as atuações interligam-se de alguma forma, o que as torna um tanto confusas na percepção dos leigos.

De mais a mais, destacamos que cada um desses profissionais são importantíssimos para um resultado magnífico, que transformará sua experiência com o seu lar. 

Para você compreender o momento certo de contratá-los e aprender um pouquinho sobre suas atividades, preparamos este conteúdo especial. Confira!

Antes de mais nada, atente-se ao know-how do profissional

Independente da fase do projeto, antes de fazer a sua escolha, preocupe-se com as referências. É importante conhecer trabalhos anteriores, até mesmo para constatar se o perfil em questão é exatamente o que você busca. 

Além de procurar por indicações confiáveis, peça portfólio e compreenda as qualificações. A prioridade é encontrar a pessoa que apresente um estilo com o qual você se identifique e se sinta à vontade.  Agende uma conversa, seja claro quanto às exigências e, a partir da sua percepção, decida se se ela será capaz de atender seus desejos.

Com esse conselho crucial em mente, agora é hora de saber qual é o profissional adequado para a sua necessidade e, até mesmo, se você precisará de todos eles.

Decoradores humanizam os ambientes

Dar aquele toque diferenciado e de bom gosto na composição de um ambiente é o foco dos decoradores. São eles que lhe ajudarão a decidir mobiliários de acordo com a personalidade e estilo da proposta, acessórios e cores tendência que irão refletir tanto o seu lifestyle quanto o da sua família. 

Mas, ATENÇÃO!

Eles interferem em detalhes do aspecto visual dos ambientes, sem jamais sugerirem mudanças estruturais, como demolições, ampliações ou aberturas de vãos, em decorrência da limitação técnica da profissão. 

Designers de interiores são realizadores de sonhos

A função de um designer de interiores em um projeto de alto padrão assemelha-se em muitos aspectos, no entanto não é igual ao de um decorador. Isso porque, para além da estética,  ele constrói ideias pensando na parte funcional do layout, visando otimizar espaços e aproveitá-los da melhor maneira, para o bem-estar dos moradores.

Trabalha para compor cenários, harmonizar ambientes e aplicar novidades tecnológicas incríveis.

Confira as soluções mais relevantes que esses profissionais estão capacitados a lhe entregar:

1 – Conforto Acústico;

2 – Luminotécnica;

3 – Ergonomia;

4 – Criação e projeção de mobiliário para ambientes internos;

5 – Revestimentos, acabamentos e marcenarias;

6 – Reformas que não interfiram na estrutura física da edificação.

Algo que é importante salientar, e que nem todos sabem:

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) aceita designers de interiores na liberação de um documento chamado Anotação de Responsabilidade Técnica (ART). Ele pode ser necessário, por exemplo, se o profissional precisar pintar uma parede ou aplicar gesso.

Arquitetos são responsáveis pela idealização do projeto construtivo

Dos três, o arquiteto é o único que pode assinar o Registro de Responsabilidade Técnica (RRT) – que o compromete civil e criminalmente pelos serviços executados -, e está habilitado para modificar estruturalmente um apartamento ou casa. 

Tanto decoração quanto design de interiores e, inclusive, a engenharia, são partes importantes do processo de composição de um projeto arquitetônico. Como você pode perceber, todos os segmentos agregam uns aos outros.

Um arquiteto também pode decorar ou projetar mobiliário?

Sim, ele está qualificado. No entanto, como falamos anteriormente, cabe a você diante do portfólio, entender se esse é o perfil de trabalho adequado para a sua necessidade. Lembre-se que quanto mais especializado ele for, maiores serão as chances de você ficar satisfeito e evitar prejuízos.

As profissões são complementares, como você pode observar ao longo do nosso raciocínio. É importante frisarmos que quanto mais específico for o profissional, melhor será o resultado.

Este conteúdo foi valioso para você? Deixe suas impressões aqui nos comentários. Depois disso, dá uma passadinha em nosso site e conheça a beleza, o requinte e a imponência de nossos Residenciais Boutique.

Compartilhe